WCAMS

                        

Pós-graduação em Administração da UFRGS distinguido como sendo o melhor do Brasil

Luis Roque Klering *   

A CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento do Pessoal de Ensino Superior), agência de ensino do Ministério da Educação (MEC), divulgou ontem (04/10/2004) o novo relatório de avaliação oficial dos cursos de pós-graduação em funcionamento no Brasil, relativo ao triênio de 2001 a 2003. Foram avaliados 1.819 programas de pós-graduação, compreendendo 1.020 cursos de doutorado, 1.728 de mestrado, e 115 de mestrado profissional. Os conceitos variam de 1 a 7, sendo as notas menores para os cursos sem qualidade para funcionamento, e as notas maiores (6 e 7) para cursos com qualidade internacional. No novo relatório divulgado, somente 61 cursos (3,4%) atingiram as notas máximas 7; e 136 (7,5%), as notas 6.

No novo triênio avaliado, dois cursos de pós-graduação em Administração subiram da nota 5 para 6, que é a máxima da área:  o curso de pós-graduação (mestrado e doutorado) da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS),  e o curso de pós-graduação da Escola de Administração de Empresas (EAESP) da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP). Na avaliação da CAPES, levando em consideração dezenas de critérios, principalmente a produção científica, esses dois cursos de pós-graduação são os melhores do Brasil, na área da Administração.

Ainda não existem cursos de pós-graduação em Administração com conceito 7, porque são relativamente recentes no Brasil e mesmo no mundo. Os cursos de graduação em Administração passaram a ser constituídos a partir das décadas de 50, 60 e 70; e os de pós-graduação, nível mestrado, a partir da década de 70. Os cursos de Administração, nível doutorado, são mais recentes ainda: na década de 80, somente existiam na Fundação Getúlio Vargas de São São Paulo (FGV-SP), na Universidade de São Paulo (USP), e na Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ). O curso de doutorado em Administração da UFRGS iniciou em 1994.

A Escola de Administração constitui uma das maiores e mais dinâmicas unidades acadêmicas da UFRGS; possui 66 professores e 2.167 alunos, nos níveis de graduação e pós-graduação (1.385 de graduação, 569 de especialização, 151 de mestrado e 62 de doutorado). Originou-se da Faculdade de Ciências Econômicas (FCE), que inicialmente deu abrigo à criação do Instituto de Administração, em 1951, de onde se originou, mais tarde (em 1959), o Centro de Estudos e Pesquisas em Administração (CEPA), assim como outros órgãos, tais como o Departamento de Ciências Administrativas (DCA); e o Programa de Pós-graduação em Administração (PPGA), em 1972. A área da Administração cresceu tanto dentro da Faculdade de Ciências Econômicas, que foi postulada e aprovada como unidade autônoma dentro da estrutura da UFRGS, sob o nome de Escola de Administração. Esta decisão foi tomada pelo Conselho Universitário da UFRGS, sob n. 58/96, em 06/09/1996. Formalmente, a estrutura da Escola de Administração é constituída pelos seguintes órgãos internos:

DCA - Departamento de Ciências Administrativas

CEPA - Centro de Estudos e Pesquisas em Administração (Extensão e prestação de serviços especializados como Pesquisa Aplicada e Consultoria)

PPGA - Programa de Pós-Graduação em Administração (mestrados e doutorado)

CEAD - Centro de Estudos Empresariais em Administração (especializações e cursos in-company)

A partir de 1998, a Escola de Administração passou a funcionar na rua Washington Luiz, 855, no centro da capital gaúcha, em prédio que era do MEC. Também funciona em prédio da Avenida João Pessoa, 155, junto ao Campus Central da UFRGS, onde são oferecidos cursos de especialização e o mestrado para executivos.

A missão da Escola de Administração é de promover o conhecimento humano orientado à administração, por meio do ensino, da pesquisa e da extensão, desenvolvendo organizações, para a melhoria da qualidade de vida da sociedade. Seu método de ensino predominante é o construtivismo, onde é dada aos alunos a oportunidade de trabalharem com conceitos, interagir com os colegas e participar das atividades de empresas.

A Escola de Administração presta vários serviços para a comunidade, nas áreas de ensino, pesquisa e extensão. 

Na área de ensino, possui os seguintes cursos:

- Graduação em Administração;

- Mestrado em Administração (acadêmico e profissional);

- Doutorado em Administração;

- Especialização  nas áreas de Gestão Empresarial, Marketing, Gestão Financeira, Gestão de RH., Formação de Consultores, Gestão em Saúde, Administração Pública;

- Educação à Distância (EAD)

As atividades de pesquisa encontram-se divididas em pesquisas básica e aplicada. Estas últimas são promovidas em parceria com empresas. Os projetos de pesquisa acadêmica estão ligados a 14 grupos de pesquisa da Escola, todos com projetos financiados por órgãos de fomento como Capes, CNPq, Finep e Fapergs.

As atividades de extensão encontram-se divididas em atividades de Consultoria (Planejamento Estratégico, Marketing, Finanças, Recursos Humanos, Produção e Gestão da Informação), Cursos de Extensão (desenvolvimentos de programas sob medida para as organizações) e Pesquisa Aplicada (de mercado, de satisfação de cliente, de clima organizacional, de qualidade de vida no trabalho, etc.). A Escola de Administração possui, ainda, diversos cursos de extensão, presenciais e à distância, bem como de especialização, em convênio com instituições como SEBRAE, TELET, Banco do Brasil e outras.

O Programa de Pós-graduação em Administração (PPGA), que acaba de ser distinguido pela CAPES como o melhor do Brasil, vem obtendo avaliações máximas na área desde 1987.  Possui mestrado e doutorado acadêmico na sede em Porto Alegre-RS; mestrado interinstitucional em Lajeado-RS e um mestrado para executivos em Porto Alegre, também destacado no meio empresarial como um dos melhores do país (3o lugar na revista Você, em 2001). 

O PPGA foi fundado em 1972, a partir da criação do Curso de Mestrado em Administração de Empresas e  de Administração Pública.

Seguindo uma trajetória que prima pelo crescimento e pela preocupação em atender às necessidades evidenciadas pela comunidade intra e extra-muros da Universidade, foram implantados os cursos de Especialização, em 1985, e iniciado o curso de Doutorado, em 1994. A partir de 1996, o PPGA implementou o curso de Mestrado Interinstitucional, em parceria com outras universidades (em Novo Hamburgo-RS, Caxias do Sul-RS, Bagé-RS, Santo Ângelo-RS, Curitiba-PR, Campo Grande-MS, Jaraguá do Sul-SC, Lajeado-RS). E, finalmente, em 1998, foi criado o curso de Mestrado para Executivos, modalidade profissional.

O objetivo do PPGA é de propiciar estudos aprofundados no campo da Administração, formando pessoal de alto nível para o exercício de atividades de ensino e pesquisa, e para o exercício de funções executivas junto às organizações.

Comparado com outros programas de Mestrado e Doutorado do país, tem obtido posição de destaque por sua produção científica, alcançando desde 1986 a maior participação dentre todos os programas nacionais nos Encontros Anuais da Associação Nacional de Programas de Pós-Graduação em Administração - ENANPAD, o maior evento científico da área de Administração do país. Mantém, também, de forma regular, participação em encontros latino-americanos, como o Encontro Anual do Conselho Latino-Americano das Escolas de Administração - CLADEA e o BALAS - "The Business Association of Latin American Studies", além da participação em outros encontros nacionais e internacionais.

O PPGA conta em seu quadro com mais de 40 professores com titulação de doutor, obtido nas melhores Universidades do mundo. Mantém convênios de cooperação com Universidades de vários países, assim como intensa produção científica. Recebe professores visitantes de várias partes do mundo, assim como estudantes de vários estados do Brasil e do exterior. A estrutura de apoio da Escola de Administração às suas atividades de ensino de graduação e pós-graduação contribuem fortemente para atingir tal nível de excelência, destacando-se a qualidade da biblioteca (que possui mais de 16 mil livros e revistas, além de bases de periódicos científicos especializados), da rede de internet rápida em todas as suas dependências (com mais de 300 pontos), dos serviços de apoio ao ensino presencial e a distância pelo NAVI, de uma inovadora TV na Web, de duas qualificadas revistas acadêmicas (READ, eletrônica; e Milênio), mais de uma dezena de grupos de pesquisa, qualificados laboratórios de informática para os alunos, salas de trabalho para grupos de pesquisa, comissões e professores, espaços de convivência, softwares de gestão, serviços próprios de suporte à informática, página de internet moderna e atualizada (http://www.ea.ufrgs.br), centros de aplicação prática de teorias (como o CEPA e PsJunior), assim como diversos outros órgãos de apoio internos.

Por tudo isso, é com imenso orgulho que a Escola de Administração recebe esta distinção para seu curso de pós-graduação em administração, que se perfila, junto com a EAESP/FGV-SP, como o melhor do Brasil, a frente de várias outras dezenas, de todos os Estados do Brasil. 

Tal distinção nos enche de orgulho e ao mesmo tempo com o dever de melhorar ainda mais, tornando esta Escola uma ilha de excelência, produzindo conhecimentos e contribuindo para a melhoria da gestão de organizações públicas, privadas e do terceiro setor de Porto Alegre, do Rio Grande do Sul, do Brasil, e mesmo do mundo, principalmente dos países de idioma português.

Algumas outras imagens da Escola de Administração:

Localização junto ao centro de Porto Alegre: 

Apresentação de um balanço de atividades da Escola de Administração, em dia de visita da ex-reitora profa Wrana Panizi: 

Sala ou "estúdio" da EATw:

Gabinete para instalação de uma superfilmadora, para atividades do Navi e da EATw (em dia de visita da ex-reitora):

Sala de trabalho doNavi:

Sala de apoio para os alunos da graduação:

Sala de apoio para os alunos de pós-graduação (em dia de visita da ex-reitora):

Biblioteca (em dia de visita da ex-reitora):

Sala de estudos da Biblioteca:

Sala de trabalho do CEPA (em dia de visita da ex-reitora):

Área da Secretaria dos cursos de Graduação e Pós-graduação da Escola (em dia de visita da ex-reitora):

Sala do diretor da Escola, prof. João Luiz Becker; com o vice-diretor prof. Paulo C. D. Motta; coordenador do PPGA, prof. Paulo Zawislak; e diretor do CEPA, prof. Fernando Bins Luce (em dia de visita da ex-reitora):

A Escola prima por uma boa administração própria, que se reflete na organização, limpeza, boas atitudes e comprometimento de todos os servidores, professores e colabores (em dia de visita da ex-reitora)

* Luis Roque Klering é professor da Escola de Administração da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; doutor em administração; orientador de pesquisas sobre administração pública, inclusive sobre qualidade de vida de municípios; realiza estudos sobre o desenvolvimento dos municípios gaúchos desde 1984.

** Os dados sobre a Escola de Administração foram obtidos a partir do seu site na internet; as imagens foram captadas pelo próprio autor do texto

 =>   Outros artigos de Luis Roque Klering:  veja aqui.